sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Os brunistas, os anti-brunistas e os sportinguistas que só querem um pouco de paz

Neste momento o Sporting Clube de Portugal é um clube minado e completamente partido, graças a dois grupos de autistas que teimam em digladiar-se numa luta sem fim.
De um lado estão os chamados "anti-brunistas", "croquetes" ou "sportinguenses", cujo único objectivo da sua luta é a de negar a história do clube nos últimos 6 anos, nem que para isso tenham de deturpar os factos. Para estes, Bruno de Carvalho deixou um legado destrutivo e catastrófico, quer do ponto de vista desportivo, quer financeiro. Todas as conquistas desportivas, títulos nacionais e internacionais conquistados, a recuperação da imagem de clube grande, tudo isto foi embrulhado e majestosamente ignorado. A época de 2018/19 foi a melhor dos últimos 17 anos, esquecendo as épocas de 2004/05, 2006/07 ou 2015/16, onde só não fomos campeões porque não nos deixaram. O "legado" de BdC continua a servir para desculpar uma das mais incompetentes direcções da história deste clube. Aos anti-brunistas não lhes bastou o auto-de-fé em que expulsaram de sócio o seu ódio de estimação. São os próprios que com a sua tendência natural para atacar BdC, alimentam o seu fantasma. São eles que ao falar da "pesada herança" não deixam os seus apoiantes fazer o luto e seguir em frente. São os primeiros a puxar-nos pela memória e a fazer-nos lembrar de como tudo era diferente (para melhor) há uns 2 ou 3 anos.
Do outro lado estão os "letais", "leais" ou "brunistas", cujo único clube que conhecem é o Sporting Clube do Bruno. Para estes, os 71% que votaram pela destituição são rabolhos travestidos de croquetes, com algum desequilíbrio mental. Não lhes passa pela cabeça que a larga maioria dos 71% que votou pela destituição, não votou contra o legado do BdC ou até contra o BdC. A larga maioria votou porque já estava enjoada, farta, nauseada, do massacre diário que se assistia na televisão ao nosso clube. Os 71 só queriam que o pesadelo acabasse, que se voltasse a discutir de bola, do jogador que sai ou entra. Sim, porque nem todos temos estofo de soldados, quanto mais aguentar um estado de guerra permanente. Para os "leais", essa guerra é a sua razão de existência. Para todos os outros não. Os 71% acreditavam que haveria tempos de guerra e tempos de paz. E por agora queriam a paz, a bem do clube e da sanidade da sua militância.
Para bem do Sporting Clube de Portugal, pela manutenção da saúde mental dos sportinguistas, peço aos dois grupos que abandonem o seu autismo suicida. Aos anti-brunistas peço-lhes que não nos façam de parvos nem nos tomem por crianças. Não tentem passar uma borracha e escrever por cima da história, porque nós não somos burros. Nem temos má memória, lembramo-nos muito bem de como estava o clube em 2013. E onde ele chegou nos anos seguintes. Vimos o caminho de pedras que foi palmilhado. Ignorar ou esconder isso chega a ser insultuoso. É infame e ultrajante.
Aos brunistas peço que não caiam no erro da luta suicida. Os kamikazes, por muita honra e bravura que tiveram, perderam a guerra. Tenham o bom senso de perceber que há um tempo para tudo. Há um tempo para a guerra e um tempo para a paz. Há alturas em que antes de darmos dois passos em frente, temos de dar um para trás. Se os anti-brunistas nos tratam como parvos, não é por vocês nos chamarem de parvos que serão melhores do que eles. Deixem de lado o insulto fácil, baixem a guarda. Se querem mesmo recuperar o legado que tanto defendem, comecem por fazê-lo nas instâncias legais. É preciso marcar uma AG para revogar a expulsão do BdC? Façam-no! Querem promover uma AG para destituir o Varandas? Avancem! Se o BdC, mesmo voltando a ser sócio, não quiser voltar à presidência? Organizem-se e arranjem alguém capaz de continuar o que de bom ele fez! Sem insultar, sem agredir, sem cuspir no vosso consócio. Bruno de Carvalho chegou lá assim, outros também o conseguirão, decerto.
Até que essa paz surja, não exijam resultados a jogadores ou equipas técnicas. Não é possível exigir compromisso e foco a um grupo, quando na bancada os adeptos andam à estalada.
Não tornemos Alvalade num inferno, pelos piores motivos.
Saudações leoninas!

7 comentários:

  1. Pois, eu como sócio há mais de 30 anos, posso ficar indiferente a uma direção que de uma forma usada por José Estaline, quer apagar da memória tudo de bom que foi feito e, pior: apagar de forma VIL e que me envergonhou mais que as derrotas ridículas desta equipa que veste a camisola verde e branca, o nosso CAMPEÃO DO MUNDO DE JUDO, só porque não alinhou no rebanho dos ANTI-BRUNISTAS?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um claro exemplo da imbecilidade dos anti-brunistas, com a qual esta direcção decidiu alinhar. E nem Varandas, nem a tropa que o rodeia, perceberam que quanto mais tentam reescrever a história, mais fundo cavam o poço onde estão metidos.

      Eliminar
  2. BdC foi o melhor Presidente do SCP desde João Rocha (com todos os seus defeitos),agora quem vier a seguir que feche a porta.

    ResponderEliminar
  3. "Não lhes passa pela cabeça que a larga maioria dos 71% que votou pela destituição, não votou contra o legado do BdC ou até contra o BdC. A larga maioria votou porque já estava enjoada, farta, nauseada, do massacre diário que se assistia na televisão ao nosso clube."

    Nao é qu nao consiga entender que os 71% tiveram essa intencao. Mas enoja-me que puseram o seu bem estar( porque estavam fartos massacre e porque tinham vergonha quando o cunhado ou colega benfiquista mandava uma boca secundado pelas fontes oficiais de Pedro Guerras e Brazes) a frente da defesa do Sporting Clube de Portugal. O que eu descobri, para muita tristeza minha, é que os sportiguistas, os "melhores adeptos do mundo", cagaram se para a defesa do Sporting contra as vigarices do futebol portugues, contra as mentiras que se diziam. Preferiram mandar embora o gordo maluco que defendia o Sporting como um animal para ja nao ouvirem a boca do cunhado. E com isso, fosse ou nao fosse a sua intencao, destruiram o clube no presente e (espero estar enganado) para o futuro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na altura das tvs a bombar já o "gordo maluco" estava descalço. Já não havia nada a fazer em relação à deriva em que entrou. O problema é que ninguém percebeu o que tinha que ser feito e o que o "gordo maluco" estava a fazer. O problema foi gente decente (explo Daniel Oliveira), ter entrado numa de "estado de direito" sem ver o que estava do outro lado da folha. Mas não está tudo perdido na medida em que sabemos perfeitamente qual o caminho a seguir. E que erros de palmatória não cometer. Falta é tomates...

      Eliminar
  4. Hola, estoy muy feliz de encontrar el contacto por correo electrónico del Dr. Hemiso hechizo de amor magic man (herbalisthome01 @ gmail. Com). Copié de la sección de comentarios del blog en línea, le envié un mensaje de correo electrónico para ayudarme con la porción de amor mágico para devolverme a mi ex amor En casa, seguí todas las instrucciones del Dr. Amiso cuidadosamente las oraciones paso a paso y el encantamiento que hice yo solo en mi casa con velas encendidas por la noche. El Dr. Amiso me cuenta todo lo que puedo hacer en mi casa durante las oraciones nocturnas. Hice todo lo que me indicaron. comenzó a funcionar para mí, ya que pocas horas después recibí una llamada telefónica de mi esposo, estaba tan sorprendido y conmocionado porque dejó de llamarme o enviarme mensajes de texto desde hace tres meses, ahora inmediatamente realizo una oración de amor. esposo Alex, regresó a casa para disculparse conmigo, estoy tan feliz de cómo la porción de amor está trabajando positivamente en mi esposo dentro de dos días que está de vuelta en casa. En este momento, mi esposo y yo estamos viviendo felizmente enamorados más que nunca. Agradezco al Gran Dr. Amiso por sus talentos talentosos. Al principio tenía miedo a la duda, pero lo probé y funcionó para mi bien. Recomiendo sinceramente la solución de hechizo de amor Dr.Amiso a todos los que buscan restablecer la relación amorosa perdida o el hechizo de amor para encontrar una verdadera pareja de amor, casos de cáncer o divorcio, promoción y éxito laboral, problemas de salud o maritales, quieren ser reconocidos en el mundo gane casos judiciales, su empresa se niega a pagarle, deje de llorar, envíe un correo electrónico al Dr.Amiso en herbalisthome01 @ gmail. com

    ResponderEliminar
  5. Só vi isto hoje.
    Não posso deixar passar isto sem dar os sinceros parabéns por uma visão não revisionista e ponderada da situação, que se preocupa apenas com o Sporting, e não com poder dizer "chupa" aos brunistas/anti-brunistas. Infelizmente, é uma visão muito, muito rara.

    parabéns.

    ResponderEliminar